19 de agosto de 2017

7 Filmes que você precisa assistir nesse fim de semana!

    
    Final de semana passado eu e mozão resolvemos assistir uns filmes, sempre ficamos procurando trailers no Youtube pra ver se tem algum legal e nunca, repito, n-u-n-c-a tem, até que simplesmente abrimos um que a história era demaisssss! 
    
    Aí beleza, né? 
    
    Resolvemos por na lista pra ver, até que o Senhor Youtube resolveu mostrar vídeo após vídeo só de filmes que pareciam ser o máaaaaaaaximo! Ficou eu e ele, marcando um por um, pra assistir num dia só, bem empolgados mesmo.
    
    Final de semana, ele dodói... 
    
    Montamos nossa maratona e ficamos do almoço até meia noite vendo um atrás do outro. Quando terminamos o último surgiu aquela felicidade no coração: Nem uma horazinha do dia foi desperdiçada com cada um desses filmes, foram simplesmente incríveis! 
    Achei por bem acrescentar alguns que eu vi ao longo desse ano e amei, assim você vai ter uma super maratona só de filmão! 
    
    Não vou resenhar os filmes nesse post, beleza? Só vou deixar o trailer de cada história com a sinopse! 


    1. Nu    

Rob Anderson (Marlon Wayans) definitivamente detesta responsabilidades. Evitando ao máximo os deveres da vida adulta, ela está desesperado com a possibilidade de se casar. E sua desregrada vida lhe reservou uma surpresa trágica: ele acorda misteriosamente pelado no dia de seu casamento, dentro do elevador de um hotel.

Nota: Volta no tempo, humor e uma ótima lição no final!
ESSE FILME É ORIGINAL NETFLIX


2. Missão: Moedas
Quatro adolescentes decidem tomar uma atitude ousada para conseguir salvar sua escola da falência. Quando a crise ameaça fechar o colégio e cortar bolsas de estudos, os jovens começam a colocar em prática um plano arriscado para arrecadar 10 milhões do dólares, e uma invasão a Casa da Moeda é o primeiro passo.

Nota: Achei legal, não é láaaaaa o melhor filme de todos da lista, mas é bom dar uma diversificada.
ESSE FILME É ORIGINAL NETFLIX

3. Tudo e todas as coisas 

Maddie (Amandla Stenberg) está prestes a fazer 18 anos, mas ela nunca saiu de casa. Desde a infância, a jovem foi diagnosticada com Síndrome da Imunodeficiência Combinada, de modo que seu corpo não seria capaz de combater os vírus e bactérias presentes no mundo exterior. Ela é cuidada com carinho pela mãe, uma médica que constrói uma casa especialmente para as necessidades da filha. Um dia, uma nova família se muda para a casa ao lado, incluindo Olly (Nick Robinson), que se sente imediatamente atraído pela garota através da janela. Maddie também se apaixona pelo rapaz, mas como eles poderiam viver um romance sem se tocar?

Nota: Achei o filme uma gracinha, mas passei bastante raiva também!

4. Antes que eu vá
Samantha Kingston (Zoey Deutch) é uma jovem que tem tudo o que uma jovem pode desejar da vida.. No entanto, essa vida perfeita chega a um final abrupto e repentino no dia 12 de fevereiro, um dia que seria um dia como outro qualquer se não fosse o dia de sua morte. Porém, segundos antes de realmente morrer, ela terá a oportunidade de mudar a sua última semana e, talvez, o seu destino.

Nota: Achei esse filme com uma ótima lição no final, apenas assistam!

5. O espaço entre nós

O adolescente Gardner Elliot (Asa Butterfield) é o primeiro humano nascido em solo marciano. Mas ele deseja fazer uma viagem à Terra para conhecer a verdade sobre seu pai biológico, e sobre seu nascimento. Nesta jornada, ele tem o apoio de Tulsa (Britt Robertson).

Nota: Eu ameeeeeeeeei esse filme, adoro esses temas diferentes, ficou SUPER legal!

6. O mínimo para viver
Uma jovem (Lily Collins) está lidando com um problema que afeta muitos jovens no mundo: a anorexia. Sem perspectivas de se livrar da doença e ter uma vida feliz e saudável, a moça passa os dias sem esperança. Porém, quando ela encontra um médico (Keanu Reeves) não convencional que a desafia a enfrentar sua condição e abraçar a vida, tudo pode mudar.

Nota: Esse não é o tipo de história bonitinha que eu indico pra você se divertir, mas sim alertar a importância do cuidado psicológico e alimentar entre os jovens de hoje em dia que é cercado por padrões que a sociedade impõe, forçando-os a medidas extremas e fatais!
ESSE FILME É ORIGINAL NETFLIX


16 de agosto de 2017

[Resenha] Nossos dias infinitos, de Claire Fuller

Nossos dias infinitos
Todos os pais mentem. Mas algumas mentiras são maiores do que outras...

Autora: Claire Fuller
Editora: Morro Branco
Páginas: 330
Classificação:

Compre na Amazon!

Sinopse: Datas só nos fazem perceber quão finitos nossos dias são, quão mais perto da morte ficamos a cada dia que passa. De agora em diante, Punzel, vamos viver seguindo o sol e as estações. Ele me pegou no colo e me girou, rindo. Nossos dias serão infinitos. Com aquela última marca, o tempo parou para nós em 20 de agosto de 1976.
Peggy tinha oito anos quando seu pai a levou para viver em uma remota cabana no meio de uma floresta europeia. Lá ele lhe disse que sua mãe e todas as outras pessoas do mundo morreram.Agora eles precisam viver da terra e sobreviver ao rigoroso inverno.
Mas até quando a pequena Peggy vai acreditar na história de seu pai? Até quando você pode ficar são, quando o mundo está perdido? O que acontece quando você para de crer em tudo?

Uma mãe pianista, um pai meio perturbado, e uma filha. Peggy tem oito anos quando seu pai a leva para viver em uma remota cabana no meio da floresta O die Hütte, lá ele lhe diz que sua mãe e todas as pessoas do mundo morreram.
Eles precisam viver da terra e sobreviver ao rigoroso inverno. Peggy não tem idéia do que o pai lhe contou possa ser real ou fantasia. 
Nove anos se passaram, muitos invernos, fome, medo, frio, loucuras e... Reuben. Reuben? O nome entalhado embaixo do fogão, será real? 

"O ritmo de nossos dias me protegia, confortava e acalmava. Entrei nele sem pensar, fazer a vida que tínhamos -  em uma cabana isolada em um pedaço de terra, em meio a um mundo que havia sido devastado, como se um pano úmido tivesse apagado tudo num quadro-negro - tornar-se minha normalidade inquestionável." 

Peggy está novamente em casa, descobre que tem um irmão que nunca viu, ela não se lembra de muita coisa. O que ela lembra para muitos, fica entre a realidade e a imaginação.
Qual realidade acreditar? Ver que tudo não passou de ilusão, ou acreditar nessa possível realidade? 
Fuller deixa por nossa conta no que acreditar, se Peggy inventou a maior parte de sua experiência, ou não. De qualquer forma é perturbador tudo que ela enfrentou, e pode até ter inventado coisas para suavizar tudo.
O final é intenso e chega a ser perturbador diante das possibilidades que a autora leva o leitor a imaginar.

Recomendo, o começo é um pouco cansativo, mas conforme as peças vão se encaixando, o livro se torna viciante!



14 de agosto de 2017

[Resenha] Não pare! - FML Pepper

Não pare!
Para se sentir vivo, você entregaria sua vida nas mãos da morte?

Trilogia Não Pare! - Livro 1
Autora: FML Pepper 
Editora: Valentina
Páginas: 318
Classificação :

Compre na Amazon!

Sinopse: Para se sentir vivo, você entregaria sua vida nas mãos da morte?

Uma vida normal e tranquila seria tudo que uma adolescente odiaria ter, certo? Não para Nina! Por que tinha que viver como uma nômade (ou fugitiva!), mudando de cidade ou país a cada piscar de olhos? Por que não podia saber nada sobre o paradeiro de seu pai? Por que sua mãe era tão neurótica e supersticiosa? Milhares de perguntas. Nenhuma resposta. O que significavam aqueles estranhos calafrios, acidentes e mortes que insistiam em acontecer ao seu redor? Teriam eles alguma ligação com o seu defeito de nascença? Ou seriam causados pelo selvagem bad boy de hipnotizantes olhos azuis-turquesa que costumava aparecer nos momentos mais assustadores? Nina jamais poderia imaginar que aquele garoto sombrio de corpo escultural e fisionomia atormentada lhe abriria os olhos para um universo paralelo. Só ele tinha as respostas para os seus mais íntimos questionamentos, mas cobraria um preço muito alto para fornecê-las: A vida dela!

    Gente, juro pra vocês que to até agora boba com a história, ela é diferente de tudo que eu já li! 

    A protagonista se chama Nina, ela se autodenomina azarada, por inúmeros acidentes esquisitos que parecem acontecer apenas quando ela está por perto. A mãe Stela é super protetora, vive carregando a garota de país em país, dizendo que é para a bem dela, e com a desculpa de ser por conta do trabalho. Nina não consegue entender o cuidado exagerado da mãe e vive a questionando, mas parece que Stela nunca está pronta pra dizer o que tem de errado naquilo tudo. Pra piorar a vida bizarra em que ela é obrigada a ter, ela tem uma condição rara, que julga ser extremamente horrível: Nina nasceu com as pupilas como as de uma cobra, verticais. Por conta disso vive de lentes de contato. Logo após outros dois acidentes misteriosos que ocorrem a envolvendo, sua mãe decide mudar de Amsterdã para Nova York, como Nina já está acostumada a nunca ter amizades por muito tempo, ela vai sem esperanças para a escola, sabendo que qualquer hora sua mãe iria fazer ela ir embora dali. Duas semanas depois de passar praticamente invisível na escola Eleanor Roosevelt High School, Nina conhece uma garota ruiva e muito sardenta chamada Melanie, que apesar dos esforços constrangedores de afastá-la, Nina acabou cedendo e fazendo amizade com ela. Nesse mesmo dia ela quase é esmagada por um andaime se não fosse por alguém ter puxado-a pela cintura. Sua amiga Melly fica apavorada após presenciar tal fato. Mas Nina só consegue pensar no par de olhos azuis que ela observou ao olhar em seu derredor... 

“Como a morte poderia ser tão bela? O certo seria que ela fosse horripilante, como nos filmes de terror.”

    No outro dia indo para a escola Nina quase é atropelada, se não fosse pelo seu salvador, gentil e encantador Kevin. Ele é todo atencioso com ela, e preocupado, sugere levá-la para a escola, que por sinal, é a mesma que a dele. Tempo depois, Nina irá conhecer Richard, um cara mal encarado, bem estilo bad boy, que irá roubar suas balas de café na lanchonete da escola, deixando-a com os nervos a flor da pele, ela simplesmente não consegue entender como um cara pode ser tão babaca! 

E é aí que a história começa a desenrolar, é muita adrenalina, aventura, e tensão! Não da pra contar mais se não eu vou desembuchar a história toda pra vocês... (insira risos de nervoso aqui). 

Enfim, é muita loucura, e a história se aproveita dos mistérios pra te deixar vidrado, sem querer piscar! Li em dois dias, isso, sem tirar as pausas, pois tinha aniversário do meu sogro pra ir! kkkk 
Eu indico esse livro pra pessoas que curtam um romance cheio de mistérios e adrenalina, não tem como não gostar, JURO! 

AAAAAAAH, pera aí! 

Tem uma novidade pra vocês! 

A partir de hoje, o blog tem uma colaboradora, que não é ninguém menos que a Beatriz Beccari, uma das minhas melhores amigas e que ama ler! Ela vai trazer muuuuuitas resenhas pra vocês de livros que eu não costumo muito ler, então o blog vai ficar muito mais diverso, pra todos os gostos sem tirar nem por! Espero que gostem! <3

© Serenizei - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo